Educação e competição, “nós e eles”

Obama, numa escola norte-americana, sobre a crescente competição que o sistema de educação indiano enfrenta por parte dos jovens chineses e indianos. Este é um debate complexo – começa muitas vezes com uma simplificação exagerada (os miúdos ocidentais são uns preguiçosos vs. os incansáveis e dedicados estudantes orientais). O ponto central, no entanto, é o de que começa a haver mais competição/procura para menos oportunidades/oferta. E que o acesso ao mercado de trabalho está crescentemente flexível, globalizado e desterritorializado – deixa de imperar a lógica “este trabalho, neste lugar, é meu – aquele trabalho, ali, é teu”.

“So even with the good schools, we have got to pick up the pace, because the world has gotten competitive. The Chinese, the Indians, they are coming at us and they’re coming at us hard, and they’re hungry, and they’re really buckling down,” Obama said.

Ever since he started his presidential campaign more than two years ago, Obama has been urging people in the US to gear up to match the increasing talent of the Chinese and Indian students. “Their kids watch a lot less TV than our kids do, play a lot fewer video games, they are in the classroom a lot longer,” Obama said amidst applause.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: