Isto terá a ver com o futuro..

 Tem a ver com o debate sobre a quem pertence o futuro (e eu que julgava que ele só a deus pertencia…).

A ECONOMIA

Encontrei este gráfico, que mostra  a distribuição do PIB mundial nos últimos 500 anos, e atenção que o aumento demográfico afecta essa distribuição.

Population growth since 1500

    http://www.visualizingeconomics.com/

A Europa manteve mais ou menos a sua quota parte.  A partir do séc XIX o aumento da porção europeia vai mais ou menos proporcionalmente com o decréscimo chinês e indiano. Por alguma coisa deve ser…

E depois entram os Estados Unidos em campo, um novo factor esmagador nesta distribuição toda, e os Japões, etc.

http://www.globalpolicy.org/empire/history/2008/05zakaria.htm

 África é um caso. A África do Sul, que domina largamente o continente em número de PIB, tem uma economia como quem, a Finlândia?

E agora os números de PIB actual, FMI e Banco Mundial, respectivamente. Os dados do primeiro referem a UE-27, em 2008, e os do FMI são de 2007, e referem em bloco apenas a zona euro:

Rank  ↓ Country  ↓ GDP (millions of USD)  ↓
Flag of World World 60,689,812
 European Union 18,394,115
1  United States 14,264,600
2  Japan 4,923,761
3  China (PRC) 4,401,610
4  Germany 3,667,513
5  France 2,865,737
6  United Kingdom 2,674,085
7  Italy 2,313,893
8  Russia 1,676,586
9  Spain 1,611,767
10  Brazil 1,572,839
11  Canada 1,510,957
12  India 1,209,686
13  Mexico 1,088,128
14  Australia 1,010,699
15  South Korea 947,010
16  Netherlands 868,940
17  Turkey 729,443
18  Poland 525,735
19  Indonesia 511,765
20  Belgium 506,392

e Banco Mundial, mas em 2007:

Rank  ↓ Country  ↓ GDP (millions of USD)  ↓
Flag of World World 54,347,038
1  United States 13,811,200
  Eurozone 12,179,250
2  Japan 4,376,705
3  Germany 3,297,233
4  China (PRC) 3,280,053
5  United Kingdom 2,727,806
6  France 2,562,288b
7  Italy 2,107,481
8  Spain 1,429,226
9  Canada 1,326,376
10  Brazil 1,314,170
11  Russia 1,291,011
12  India 1,170,968
13  South Korea 969,795
14  Mexico 893,364
15  Australia 821,716
16  Netherlands 754,203
17  Turkey 657,091
18  Belgium 448,560
19  Sweden 444,443
20  Indonesia 432,817

 Agora façamos um exercício honesto, e dividamos a UE pelos seus 27 componentes. Os Estados Unidos ficam então sós, isoladíssimos lá à frente, apesar das crises… As diferenças cá pra baixo não são abissais, e podem agrupar-se. Primeiro temos, custa admiti-lo, eu sei…, dois asiáticos, Japão e China.

A seguir vem o bloco europeu, os 4 grandes, a Espanha um pouco mais atrasada… Só estes cinco são três quartos do PIB da UE…

Depois vem a terrível Rússia, a tal que ainda decidimos se faz ou não parte da ‘Europa’…

E por fim vêm cincos, Brasil, Canadá, Índia, México e Austrália. Economias mais ou menos ao mesmo nível. Vamos ter de começar a eliminar alguns destes, senão torna-se confuso.

E aqui não vou abaixo do 15º lugar e do trilião de dólares.

Se estamos a falar de ‘a quem o futuro pertence’, que é forma encapotada de dizer, quem é que vai dominar, acho que podíamos tirar Canadá, Austrália e México. Entre a Celine Dion e a gripe, o diabo que escolha. E não fazem propriamente parte de uma visão fantástica de alguma coisa.

Ficam assim sete envelopes, Estados Unidos, UE (os outros 22 vão por arrasto, é para isso que se chama União…), China, Índia, Japão, Rússia e Brasil (mas estes três estarão obcecados por quererem ‘dominar’ o futuro…?)

 GDP Density

A GEOGRAFIA

Dois mapas mundi, um Pacífico-cêntrico, o outro Atlântico-cêntrico… Dizem algo sobre o centro e a periferia… Todos têm muita água, é verdade, mas se não houvesse água não tinha havido as Descobertas…

  

De qualquer maneira, gostamos mais deste segundo, não é? Põe-nos mais no centro… No outro nem se percebe onde está a Europa.

Só que este segundo põe na periferia as economias e populações mais vibrantes do planeta. Um problema – e isto a Europa também não compreende – é que o 1º mapa tem lá também os EUA em posição central. Eles assim podem, sempre puderam aliás, escolher… Mas um presidente com laços na Indonésia e no Hawaii (e já agora no Quénia, que é Índico…), não será certamente um defensor incondicional da primazia atlântica…

 A POPULAÇÃO

http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_countries_by_population_growth_rate

9 de 27 estados membros da UE têm crescimento negativo, e a maioria deles está abaixo do 0,5% de crescimento. A  média mundial é 1,1. A China está com 0,8% e a Índia 1,5, só que isso lá representa muita pessoa mesmo por ano. E a da Índia a aumentar mais. Aqui entraríamos no debate de a sobre-população ser o problema.

Population growth since 1500

 A população europeia não arranca…

Population growth since 1500

A ALMA E A INOVAÇÃO

E pronto, chegamos ao âmago do debate, e o mais difícil de concluir, que é quem tem a alma e o génio para ser futuro. Aqui serão já mais os gostos que vingam…

PS – Mapa correcto :

 

4 respostas a Isto terá a ver com o futuro..

  1. Sérgio diz:

    Alguns comentários:
    «Se estamos a falar de ‘a quem o futuro pertence’, que é forma encapotada de dizer, quem é que vai dominar, acho que podíamos tirar Canadá, Austrália e México».
    Do meu ponto de vista e em termos económicos o Canadá e o México são satélites dos EUA (demonstrem-me se estou errado), logo podemos agregá-los e temos um espaço económico que pesa 16.863.685. Reduz a diferença para a UE-27, mas não a anula.

    Quanto ao Brasil, se algum dia se concretizar verdadeiramente o Mercosul pesa mais. Quanto? O dobro?

    Quanto aos mapas… nada substitui um globo. E nestes não há posição central.

    De qualquer das formas, o aspecto mais curioso do primeiro mapa é que não tem centro. Quer dizer, o eixo central passa entre a Austrália e a Nova Zelândia a sul, e pelas estepes orientais asiáticas a norte. Um vazio. O mapa devia estar melhor posicionado. O centro da Ásia é Singapura, esse devia ser o centro do mapa. Só que nesse caso os EUA ficam numa em duas periferias, a oriental e a ocidental. O que é muito mais correcto e corresponde de forma muito mais adequada às ambiguidades da política internacional americana… Eles podem escolher – e esse é o seu problema, não há maneira de se decidirem para que lado pendem porque estão presos aos dois.
    É por isso que a Europa não se dá ao trabalho de compreender o primeiro mapa: ele não tem nada para compreender porque está errado à partida. Por outro lado, a Europa compreende e bem o mapa correcto, aquele que não nos foi apresentado…

  2. Sérgio Mascarenhas diz:

    Excelente mapa. Onde é que o posso ir buscar? É um daqueles recursos que é sempre bom ter no computador, há sempre uma ocasião quando ele vem mesmo a calhar.

  3. ken5z9mana diz:

    Não foi assim que cheguei mas procura em google-imagens: “world map mecca centre”.

  4. Sérgio diz:

    Obrigado. Localizado e descarregado.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: