Como uma força, como uma força / Como uma força que ninguém pode parar

Se juntarmos este senhor, Vijay Mallya ,empresário e membro da Câmara Alta do Parlamento (Rajya Sabha), não sei se um nomeado pelo/a Presidente se por legislatura estadual, dono da United Breweries e da sua filha já bem crescida Kingfisher Airlines, entre as 400 pessoas mais ricas do mundo, e o sétimo mais rico da Índia, contam as lendas, dono do Indian Princess um barquito de 95 metros,………..é até aqui……….. , pois este senhor juntou-se a Michiel Mol, um jovem milionário holandês e por 88 milhões de euros compraram a Spyker F1, Spyker F1 team officially sold, que na altura ainda só tinha carros movidos por três gajos a empurrar… Daí as suas lacónicas declarações em Outubro de 2007: “Today, after the signing of the official documentation, management of the Spyker Formula One Team has been handed over to the new owners: Orange India Holdings (a consortium of Dr Vijay Malya and the Mol family).”

Nasce assim a Force India. File:Force India logo.jpg

É uma equipa bisneta da Jordan, do Eddie Jordan, só podem ser boa gente…

Os pilotos são o alemão Adrian Sutil e o mais experiente e pontuado Giancarlo Fisichella .

Já participaram em dezoito corridas mas ainda não alcançaram um único ponto.

Na época passada, a primeira da equipa, ficaram respectivamente em 20º e 21º na classificação final, entre 23… Mas os motores são Mercedes V8 de 2.4 litros.

TUDO ISTO TAMBÉM PARA DIZER, esqueçam o autódromo do Estoril. Nova Delhi vai ter o seu grande prémio já em 2011, será nessa altura o nono circuito asiático. Mas o processo não tem andado propriamente a 300 km/h.

Em Junho de 2007 dizia-se isto: “Suresh Kalmadi, president of Indian Olympic Association, announced that the deal for Indian Grand Prix had been clinched and if all went through, New Delhi will host its 1st ever Formula one grand prix in October 2009. The deal is subject to a circuit being constructed in New Delhi and being approved by FIA for its tough safety and other standards. New Delhi will be hosting the 2010 Commonwealth Games, so the 2009 event can be sort of a mini dress rehearsal for the 2010 Commonwealth games.”

Em Setembro de 2007 já diziam isto: “India will host its first Formula One race in 2010, the Indian Olympic Association (IOA) announced on Monday. Hermann Tilke, chief architect for the F1 circuits, has inspected various sites in an aerial survey during his visit to the Indian capital. He selected two sites: Greater Noida in Uttar Pradesh and Sohna in Haryana states, both suburbs of New Delhi. It has been decided that the first Formula One world championship will be held in the national capital region Delhi in 2010.”

Um ano depois, Setembro 2008, já estávamos assim: “Bernie Ecclestone has delayed plans to stage the race in 2010 even though construction work on the circuit in Delhi should be completed in time for the start of the 2010 season. Ecclestone does not want to take any risks and has decided to push the race back a year.

Mas podemos respirar fundo, que isto vinha no jornal há dois meses atrás: “Land acquisition for the 5.5 km track is on and we are hopeful of completing the exercise by February. The designer and contractor for the job too, have been finalised and we are sure of getting the track ready by February 2011, in time for the championship.”

The launch of Force India as one of only 10 teams on the Formula One grid, has stimulated the interest in Formula One in India dramatically and the possibility of Narayan Karthikeyan and Karun Chandhok driving in F1, will further spark an explosion of interest that would soon rival that of traditional sports. ”

Tudo isto vai gerar, dizem, receitas de 70 milhes de dólares e empregar 10 mil pessoas…

Já agora, para terminar, uma foto do bichinho:

VJM02

17 respostas a Como uma força, como uma força / Como uma força que ninguém pode parar

  1. outraindia diz:

    Como sempre na fórmula 1, o que interessa verdadeiramente não são os carros, é o tabaco, o álcool, os produtos promovidos e publicitados.

    Para o bom do Vijay o jogo é tornar a cerveja Kingfisher uma marca internacional, que o mercado indiano já ele o domina. E promover a companhia aérea.

    Para as tabaqueiras e empresas de bebidas o jogo é darem um salto no mercado indiano onde a publicidade ao álcool e ao tabaco é proibida mas a capacidade de a contornar com anúncios criativos não tem paralelo no Ocidente. E onde o potencial de mercado é imenso para produtos que estagnam no nosso lado do mundo.

    Quanto ao Sr. Jijay, nunca esquecer a Mansão Kingfisher em Calangute.

    E já agora, uma pergunta:
    Porque é que o Sr. Vijay se chama «Mallya»?

    Sérgio

  2. ken5z9mana diz:

    não me diga que ele também é católico de mangalore??

  3. outraindia diz:

    Ná… uma pista, faça uma busca com Mallya na net. Fez? Agora faça com Mallyia…
    Sérgio

  4. ken5z9mana diz:

    o google não está nem aí… só aparece fórmula 1 e cerveja…

  5. outraindia diz:

    Pois. Fórmula 1 e cerveja do nosso Vijay. Mas afinal, ele é Mallya ou Mallyia? Que lhe parece?
    Sérgio

  6. ken5z9mana diz:

    Desisto… o que encontrei foram várias referências àspalavras que Vijay Mallya/Mallyia (até se apurar, fica assim….) trocou com Tony Teixeira, um emigrante português na África do Sul, que é o presidente da A1GP, o campeonato que vai decorrer durante o defeso da Fórmula 1 da FIA. A A1 Grand Prix já foi aprovada pela FIA e desenrolar-se-á por forma a que cada equipa represente o país de origem:

    “Force India’s owner Vijay Mallya has responded to Tony Teixeira after the A1GP boss said on Wednesday the Formula One team were sending the wrong message to Indian motorsport fans.

    “I think A1 for all intents and purposes brings through the right messages into India by saying that India, although not a motor sport racing nation, can win the World Cup and can beat the rest of the world,” Teixeira told Reuters in an interview.

    “Force India, on the other hand, is not giving that message to young Indian kids. It’s doing the opposite. Our message is ‘India, you can win. It’s a winning sport, your kids can win for India.’

    “Force India has got a long way to go before I see a podium or they see a podium. The Force India thing, although great for India, is a little bit negative in terms of youngsters and getting them to race if you are never going to win a race,” added the A1GP boss.”

  7. Sérgio Mascarenhas diz:

    Há mesmo tugas em todo o lado!

    Não, não é isso. O ‘i’ não é gralha nem lapso. O nome de família do nosso Vijay é mesmo Mallya. Mas há uns anos ele resolveu mudar para Mallyia pela mesma razão porque tantos indianos acrescentaram letras aos nomes: porque houve uma epidemia de vendilhões de numerologia que impingiram aos belos e poderosos que tinham que mudar o nome para melhorar o astral. Mesmo o nosso Vijay caiu na história e vai de mudar de Mallya para Mallyia, não vá o diabo tecê-las.

    A Índia, como a China, é um maná para todos os aldrabões astrológicos e derivados. Não é que nós não tenhamos a nossa dose…

    Ora o nosso cervejeiro, fabricante de álcoois marados («adicionamos esta essência ao ‘spirit’ e obtemos brandy, gin, etc.», em visita à fábrica da UB de Goa), émulo do inglês Virginal e acelera em potência também tem as suas fraquezas.

    Sérgio

  8. ken5z9mana diz:

    o smirnoff indiano também se bebe… e nunca chegaria lá. o google e primos só no 765º link é que teriam isso… bom post, mais um trilho a seguir.

  9. ken5z9mana diz:

    Dear Rajeev,
    I went through some of your previous responses on name change procedure in India. I have following questions on name change procedure. Kindly help me.
    1) What is the total procedure for name change in india? I belong to Andhra Pradesh, working in Bangalore.
    2) How much time it takes to complete this procedure?
    3) Is it possible to change my entire name. I mean both First Name and Last Name?
    4) Please give me contact numbers of some layers in Bangalore who can help me out in this regard.
    5)What happens to my academic certificates, work experience, passport etc.. after the name change. Can i live with old certificates or should i go apply for new ones after name change?
    Thanks for your help in advance.
    Regards,
    Srikanth

  10. ken5z9mana diz:

    Thanks Srikant for your referral.
    To answer your questions:
    1. Generally, for name change of a person the procedure requires filing of an application before the executive/ 1st class magistrate within the jurisdiction of the place of domicile of the person desirous of name change. On obtaining the magistrate’s affirmative order, there is a process to be followed with the General Administration Department at the relevant State Government, which may require you to publish an advertisement of name change in the newspaper. After it, the relevant State Government will publish your name change in its official gazette. You can thereafter purchase copies of the relevant gazette where the name change is published as authentic evidence of the name change
    2. It depends and changes from place to place. My gestimate is 6 months
    3. Yes. You may change name and surname
    4. As policy i do not recommend lawyers from this website. Suggest to make local enquiries and find yourself
    5. Theoretically you can ask for change of name in all these certificates. However, it is a tedious and time consuming process since you will have to follow the rules and procedures prescribed by each authority (e.g. University in case of degree certificate etc) in addition to providing to such authority a copy of gazette publishing your name change. Suggest not to worry about the old certificates which can continue with old name and you start using your new name (after completing the procedure as stated above) in future and provide a copy of gazette whenever you want to correlate your certificate in the old name with your new name
    Trust, this answers all your questions
    Wish you best luck in your future endeavours!

  11. ken5z9mana diz:

    ele pelo menos não teve de mudar o nome do meio…: “Everybody calls me flamboyant, as though it’s my middle name, but I’ve always been the way I am,” he says during an interview at his sprawling, 10-bedroom Mumbai home overlooking the Arabian Sea. Mallya is dressed down, in jeans and a bright red T-shirt emblazoned with the Kingfisher insignia. But as usual hes dripping with jewelry-gold chains, an antique diamond-studded watch, diamond earrings, and a gigantic bracelet with his initials spelled out in diamonds.”

  12. ken5z9mana diz:

    ele pelo menos não teve de mudar o nome do meio…: “Everybody calls me flamboyant, as though it’s my middle name, but I’ve always been the way I am,” he says during an interview at his sprawling, 10-bedroom Mumbai home overlooking the Arabian Sea. Mallya is dressed down, in jeans and a bright red T-shirt emblazoned with the Kingfisher insignia. But as usual he’s dripping with jewelry-gold chains, an antique diamond-studded watch, diamond earrings, and a gigantic bracelet with his initials spelled out in diamonds.”

  13. Sérgio Mascarenhas diz:

    Essa das mudanças de nome lembra-me outro contexto. Damão, funcionários do registo civil (ou lá o que se chama): «Vem o Gujarati e diz que quer mudar o nome. Mostra uma fotografia de uma campa cristã e diz que quer passar a chamar-se Fernandes pois precisa de ir tratar do passaporte» (naturalmente, estou a embelezar a história).
    Sérgio

  14. Sérgio Mascarenhas diz:

    Quanto ao nosso Vijay, é uma personagem simpática. Há uns anos parava muito por Goa, grande frequentador do Cavala durante a monção. Depois com a Kingfisher Airlines a tomar-lhe muito tempo deixou de aparecer. Foi pena. Perdi a oportunidade de lhe dizer que o fato das hospedeiras era giro mas tinha que as obrigar a usar fio dental. Aquelas cuecas do século XIX estragam completamente a estética aos voos.

    Sérgio

    PS Como é evidente isto só consegue ter piada num contexto indiano. Mas lá que gostava de ter visto a cara dele gostava…

  15. ken5z9mana diz:

    no gp de melbourne a force india quase quase que pontuava…
    http://news.bbc.co.uk/sport2/hi/motorsport/formula_one/results/7919655.stm
    resistiram os dois carros, coisa que a ferrari não conseguiu…

  16. ken5z9mana diz:

    Ao fim da quinta prova, disputada hoje em Barcelona, a Force India-Mercedes é a única das dez que ainda não pontuou…

  17. ken5z9mana diz:

    A Kingfisher, no meio desta crise anda a passar mal: http://www.nytimes.com/2009/06/19/business/global/19kingfisher.html
    E a Force India anda a passar pior. Ao fim de oito corridas, é a única que ainda não pontuou…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: